Política, economia e desenvolvimento

O debate sobre o desenvolvimento tem vida longa e peso decisivo na conformação do processo de modernização brasileiro. Boa parte do debate e da produção intelectual no século passado estava voltada para o entendimento das condições de modernização do país. Nesta perspectiva ganhou destaque interpretações com raízes na economia política, notadamente aquelas que procuravam enxergar o processo histórico como fortemente vinculado ao desenvolvimento econômico.

Ao longo do tempo, no mundo e no Brasil, a ideia de desenvolvimento como crescimento econômico foi sendo questionada. Novas interpretações desenvolvimentistas questionaram o caráter economicista empregado de forma recorrente na sociedade industrial, que consagrava o aumento da renda per capita como indicador principal para mensuração do desenvolvimento. A partir desta nova perspectiva, o conceito de desenvolvimento foi se modificando, aparecendo como tradução de crescimento econômico em bem-estar social, dando origem ao Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) desenvolvido no âmbito do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Mais recentemente, o desenvolvimento também foi visto como um meio para ampliação das capacidades de realizações das pessoas, no enfoque adotado por Amartya Sem. Ou ainda, diante das preocupações em torno da preservação do meio ambiente e dos recursos naturais, ganha corpo o conceito de desenvolvimento sustentável.

O objetivo deste projeto de pesquisa é investigar a evolução do conceito de desenvolvimento no Brasil, tema recorrente no pensamento social e que sempre envolveu expressivas disputas na cena política nacional. Nesse sentido, pretende discutir o desenvolvimento brasileiro a partir das contribuições de Celso Furtado e da perspectiva federativa (projeto nacional, federalismo fiscal, desigualdades regionais e descentralização). Adicionalmente, irá pesquisar os contornos da economia política brasileira, no período de 1995 a 2018, nos governos do PSDB, PT e PMDB.

Coordenação: Prof. Ricardo Ismael

Integrates: Alessandra Nunes Monteiro de Castro; Daniel Macedo Silva da Annunciação