DEFESA, DESENVOLVIMENTO E ESTABILIDADE

O projeto tem duas vertentes: a) democracia, estabilidade política no Brasil e América do Sul e a importância das políticas de defesa da Nova República nesse contexto; b) formação de competências administrativas e perfil da alta burocracia federal no Poder Executivo desde o governo Fernando Henrique até o governo Dilma Roussef.

Coordenação: Maria Celina Soares D'Araujo

Integrates: Arthur Prufer de Queiroz Campos Araujo (Graduando).

Financiamento: CNPq (PIBIC).